Newsletters ou Feeds no FeedBurner

Este é um assunto muito discutido e questionado no Fórum Oficial: o que fazer para enviar notificações aos visitantes? Como usar Newsletters no WordPress? Este artigo pretende esclarecer essas dúvidas e propõe o uso de Feeds!

O que é o que

Antes de começar a ler, é bom pesquisar um pouco sobre o que é RSS, Feeds e sobre Feeds no WordPress. Não precisa se aprofundar no assunto, é só saber que feeds são como fluxos de informações sempre atualizadas, transmitidas pela internet.

Newsletter é algo que espero que morra é o envio de emails para pessoas, avisando sobre atualizações, notas, promoções etc de um site. Claro que há muita variedade de coisas que essa atividade pode incluir, como o spam/recebimento não solicitado de emails.

Um pouco de História

Houve um tempo que era muito bonito enviar emails com formatação, links coloridos e anexos para as pessoas. Muitos sites até cobravam assinatura para que as pessoas tivessem tal serviço de notificação tão exclusivo. Todos adorávamos ver papéis de carta virtuais, gif animados e ser os primeiros a saber sobre um novo artigo semanal recém-publicado.

Um dia, descobriram que era possível usar emails para o mal (além dos anexos em powerpoint com mensagens motivacionais), então inventaram o spam e o phishing. Era o fim dos emails formatados, os emails raiz, com letras garrafais e links para clicar e ser feliz. O mundo se tornou desconfiado e rancoroso, logo, ninguém mais clicava em links em emails, abria anexos ou mesmo acessva a caixa de entrada com o HTML ativado.
Além da enorme desconfiança das pessoas, descobriu-se que o tráfego gerado e o custo de se manter um serviço de newsletter estava ficando caro demais, ou mesmo um desperdício de tempo e dinheiro. Enviar emails, por mais simples que pareça, envolve um servidor dedicado, além de que é muito fácil qualquer provedor bloquear seu domínio, o que estraga o dia de qualquer spammer newsletter que se preze. Junta-se o fato de que antigamente era preciso alguém (sim, alguém já ganhou para isso) para escrever esses emails admiráveis.

Onde RSS e NEWSLETTER entra nisso


Com a ideia de que os sites devem ser dinâmicos, o RSS foi criado para que todos pudessem transmitir informações de maneira mais ou menos padronizada (não é como a web deve ser?). Os CMS atuais, como o WordPress, geram feeds de seu conteúdo, enquanto as páginas velhinhas geralmente não. Um site pré-histórico movido a FrontPage por exemplo, precisa de umas gambiarras para gerar feed.

Já que os sites geram feeds, é possível pegar esses links de feeds e guardá-los como se fosse em um aplicativo de ler emails como o Outlook, são o chamados Leitores de Feeds (meio impopulares por aqui?!), ainda, você pode apenas guardar o link do feed como um item de Favoritos no navegador ou usar um serviço de agregador. Em todos os modos, você imediatamente é avisado quando o fluxo de feed foi modificado, por exemplo, quando uma nova postagem foi adicionada à ele.

Único no mundo, o serviço Google FeedBurner permite adicionar tais links de feeds em uma conta (você precisa ter conta no Google), onde você pode gerenciá-las, ver suas estatísticas e principalmente: criar um sistema de notificação!

Newsletters ou Feeds no FeedBurner é um artigo sobre Feed, newsletter, RSS Feed, newsletter, RSS WordPress http://dianakcury.com/wp/newsletters-ou-feeds-no-feedburner#commentsDiana K. Cury http://dianakcury.com/wordpress/wp-content/themes/di3554/img/card.png

2 ideias sobre “Newsletters ou Feeds no FeedBurner

  1. Pingback: FeedBurner como newsletter | D²

  2. Pingback: Usando o FeedBurner – Direto do codex.org | Portal Cooperchip

Deixe uma resposta!