Leia antes (de reclamar)

Por que não funciona? Por que tantos erros e perda de controle? Antes de usar qualquer código, seja daqui do site ou de outros, veja como minimizar desastres em seus códigos.
Não precisa ser um grande programador (ou um programador de fato) para conseguir usar os códigos daqui, desde que tenha um pouco de coerência, não vai ser difícil adicionar esta ou aquela funcionalidade ao seu site. Mas por onde começar para evitar erros? Uma lista:

Se o tema é do tipo “premium” talvez seja “um saco”

Temas desse tipo são para quem não tem interesse em alterar coisas diretamente no código. A maioria possui uma área de configuração, extremamente codificada por “profissionais de temas”. É um grande trabalho, admirável, mas quando você quer fazer suas próprias experiências talvez lidar com códigos tão avançados seja desanimador. Uma outra função que queira usar pode interferir desastrosamente em algo que o tema já tenha, sem falar na grande quantidade de arquivos. Se você quer fazer suas experiências, não use temas premium!

Faça backup do tema original e de cada alteração

E não é assim que os programadores fazem? É algo que todos devem fazer (antes fosse possível fazer isso na vida real). Se já andou fazendo suas gambiarras em um tema, então é melhor fazer um backup antes de começar outras novas. É só criar um .zip com a pasta do tema, adicionar um descrição do que fez e só.

Os temas ficam obsoletos (também)

Por mais “premium” e maravilhoso que o tema seja, ele pode ficar obsoleto. Foi o caso dos temas com sistema para as pessoas adicionarem menus personalizados, hoje em dia isso é parte do WordPress então não há necessidade de criar um sub-sistema, um painel novo só para isso. Procure por temas atualizados antes de investir seu tempo em personalizações, além do mais, você se livra de problemas de incompatibilidade entre plugins, tema e o WordPress.

Use um editor de códigos

Por melhor que um programador seja, nem sempre é possível editar ou criar códigos em um editor de texto comum, um editor próprio para lidar com códigos faz a diferença!
Existem vários, mas sugiro um gratuito para os programadores de ocasião, é o Notepad++. Você pode editar a maioria dos tipos de códigos com o Notepad++, é ótimo para editar arquivos de estilo CSS, XHTML e PHP. A maior vantagem mesmo é que através do editor é mais fácil organizar códigos grandes e a sintaxe com cores ajuda a evitar erros e também a resolver erros como falta de fechamento de aspas, parênteses etc.

Vale a pena validar?

Sim. Procure usar temas que são validados e fuja daqueles com erros em javascript. Muita gente perde tempo no forum com dúvidas do tipo “Por que a barra lateral entrou nas postagens depois de instalar x”. Use temas que podem ser validados, faça alterações que quiser e tente validar outra vez. Siga também a dica acima que elimina 90% dos erros desse tipo. Verifique o código da postagem também para encontrar erros ou fragmentos de códigos removidos. Existem erros que podem ser ignorados, mas tente resolver o máximo possível de problemas com o código gerado.

Um erro estranho

Ser vago não é elegante. Se o erro produz uma mesagem, informe qual é. Se o erro é não funcionar talvez seja preciso mostrar o código todo que está usando (o código do arquivo todo). Observe na página renderizada, a porção onde inseriu código para ver se está gerando alguma mensagem de erro, espaço em branco etc. Informe o tema que está usando, se há plugins ativos, se já editou o código de outros arquivos do tema etc

É isso! Esta postagem foi escrita justamente porque acredito que mais dia menos dia vai ter gente por aqui dizendo que tal código não funciona.

Leia antes (de reclamar) é um artigo sobre códigos, edição códigos, edição Códigos http://dianakcury.com/wordpress-pt/codigos-pt/leia-antes-de-reclamar#respondDiana K. Cury http://dianakcury.com/wordpress/wp-content/themes/di3554/img/card.png

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *